Acadêmicos da Rocinha - Escola de Samba - Samba Enredo English

Acadêmicos da Rocinha Samba School flag

Ouça aqui o Samba Enredo da Acadêmicos da Rocinha apenas clicando no botão do player ao lado.

 

GRES Acadêmicos da Rocinha

FICHA TÉCNICA

Fundação: 31/03/1988

Cores: Verde, Azul e Branco

Presidente de Honra: Darlan Santos

Presidente: Darlan Santos

Quadra: Rua Bertha Lutz, 80 – São Conrado Telefone:

Ensaios: Rua Bertha Lutz, 80 – São Conrado

Barracão: Rodrigues Alves, 733 – Santo Cristo / Rua Almirante Mariath, 03 – São Cristóvão

Imprensa:


Acadêmicos da Rocinha 2018

Enredo:
""

Carnavalescos:
Alex de Oliveira e Christine Moutinho

Diretor de Carnaval: Jorge Mariano

Intérprete: Leléu

Mestres de Bateria: Mestre Júnior

Rainha de Bateria: Dani Vieira

Mestre-Sala: Yuri Perroni

Porta-Bandeira: Thainá Teixeira

Comissão de Frente:
Luciana Yegros

Desfile de 2018

Posição de desfile: Primeira escola a desfilar no dia 05/02/2018


 


Acadêmicos da

Rocinha

Samba Enredo: ""

Autores:
Intérprete:

Samba Enredo

 

Clareou!

no reino encantado é carnaval
mudei-me no olhar da borboleta...
pra descobrir o poder da transformação
voei em floresta e jardins
vi animais em sua mutação
é linda a vida em harmonia... espécies renovando a criação
voltei no tempo... das cavernas vi o homem evoluir
revela o fogo e a fé, à essência de existir...

Meu coração bate feliz... é lindo
arte e cultura evoluindo
na fantasia real tudo é folia afinal
carnaval!!!

Meu voo mais alto assim se tornou
ciências recriando a matéria
enfim a indústria chegou
e como fênix renasci
ao abrir meus olhos sorri...
sem fronteiras para a emoção
a vitória está em suas mãos

Bate no peito Rocinha
chegou a hora da nossa superação
a borboleta traz o sonho pra avenida
comunidade pisa forte nesse chão


Enredo de 2018

""

Introdução

 

Carnavalesco: Alex de Oliveira e Christine Moutinho

 


 

A História da Acadêmicos da Rocinha

A escola de samba Acadêmicos da Rocinha é originária de três blocos carnavalescos da favela da Rocinha: o Império da Gávea, Sangue Jovem e Unidos da Rocinha. A Acadêmicos da Rocinha tem como símbolo a borboleta e as cores azul, verde e branca.
Desfilou pela primeira vez como escola de samba em 1989 pelo Grupo 4 na Estrada Intendente Magalhães em Campinho, tendo como carnavalesco Joãozinho Trinta. Naquele ano a escola se sagrou campeã e ascendeu para o grupo . Mais dois campeonatos consecutivos pelo grupo 3 em 1990 e pelo grupo 2 em 1991 a levou para o Grupo 1 onde permaneceu até 1996, ano em que obteve a segunda colocação, que lhe garantiu o direito de desfilar pela primeira vez no Grupo Especial.
A partir de 2002, a Acadêmicos da Rocinha se manteve no Grupo A e em 2005, com o enredo “Um mundo sem fronteiras”, a escola consagrou-se campeã do Grupo de Acesso A e garantiu o direito de desfilar em 2006 novamente pelo Grupo Especial.A escola desceu de grupo após o desfile com 371,7 pontos.
No carnaval 2008, estreou como carnavalesco, o auxiliar de Max Lopes na Mangueira, Fábio Ricardo. Naquele ano a Rocinha obteve o vice-campeonato, atrás apenas do Império Serrano, a campeã.
Em 2009, a escola de São Conrado homenageou o cartunista J. Carlos com o enredo Tem francesinha no salão… O Rio no meu coração, conseguindo a 3º colocação com 239 pontos, mantendo-se no Grupo de Acesso A em 2010.
Para o carnaval de 2010, a Rocinha segue com o carnavalesco Fábio Ricardo e busca mais um acesso pra o grupo especial com o enredo autoral Ykamiabas, baseado no livro Ykamiabas - Filhas da Lua, Mulheres da Terra. contado a história das mulheres guerreiras que chegaram ao Amazonas há dez mil anos, terminando na 10º colocação, quase perto de descer para o antigo Grupo B.
Após o carnaval 2010, Maurício Mattos se desliga da escola e o então vice Déo Pessoa assume a escola . trazendo Luiz Carlos Bruno como carnavalesco , para o lugar de Fábio Ricardo. Sérgio Lobato, como coreografo e da volta de Anderson Paz, como cantor principal. além disso trocou de rainha de bateria, com a sobrinha de Max Lopes (Érika Palmer), no lugar de Fábia Borges. No o carnaval 2011, com o tema Rocinha! Estou vidrado em você, a escola apresentou na avenida a trajetória do vidro desde do solo de areia até as lentes da tecnologia. Apesar de ser apontada como uma das favoritas ao titulo do Grupo de Acesso A, a escola ficou apenas na 9° colocação.
No carnaval 2012 a escola de São Conrado manteve Luiz Carlos Bruno no desenvolvimento de seu carnaval tendo como enredo uma abordagem carnavalesca sobre a história das praças, foi a segunda escola a desfilar e obteve a 8ª colocação, na frente apenas por um décimo da última colocada Paraíso do Tuiuti. Na ocasião as duas últimas seriam rebaixadas para o até então grupo B, o que não aconteceu devido a uma virada de mesa da LESGA (Liga das Escolas de Samba do Grupo de Acesso), com isso, permanece em 2013 no grupo de acesso, hoje com o nome de Série A.
A saída de Deo Pessoa (para assumir a LIERJ) fez com que seu então vice, Darlan Filho, fosse nomeado como novo presidente da escola . O novo presidente manteve a base deixada por Deo, com a exceção de Anderson Paz, que se tornou evangélico e decidiu largar o microfone principal da escola e que foi substituido Leléu, que estava naViradouro. Em 2014, a escola homenagou o bairro carioca Barra da Tijuca 7 e com um pré-carnaval conturbado e com problemas financeiros acabou por fazer um desfile bem aquém das expectativas e do que já vinha realizando, por fim acabou rebaixada para o grupo B para o carnaval 2015.

Para 2015, a escola conta com um novo carnavalesco, o ex-rei momo Alex de Oliveira , que faz dupla com Christine Moutinho .

Os Títulos da Escola

ANO COLOCAÇÃO
1989 Campeã
1990 Campeã
1991 Campeã
1992 5° lugar
1993 6° lugar
1994 3° lugar
1995 4° lugar
1996 Vice-Campeã
1997 16° lugar
1998 9° lugar
1999 Campeã
2000 9° lugar
2001 Campeã
2002 3° lugar
2003 10° lugar
2004 3° lugar
2005 Campeã
2006 14° lugar
2007 8° lugar
2008 Vice-Campeã
2009 3° lugar
2010 10° lugar
2011 9° lugar
2012 8° lugar
2013 5° lugar
2014 16° lugar
2015 Campeã
2018