União do Parque Curicica - Escola de Samba - Samba Enredo English

União do Parque Curicica Samba School flag

Ouça aqui o Samba Enredo da União do Parque Curicica apenas clicando no botão do player ao lado.

 

GRES União do Parque Curicica

FICHA TÉCNICA

Fundação: 01/03/1993

Cores: Azul, Vermelho e Branco

Presidente de Honra: Wagner Raphael

Presidente: Wagner Raphael

Quadra: Rua Arauá, 385 - Curicica Jacarepaguá - RJ
Telefone:

Ensaios:

Barracão:
Telefone:

Imprensa:


União do Parque Curicica 2018

Veja o horário do Desfile

Enredo:
"Coração Mamulengo"

Carnavalesco: Marcus Ferreira

Diretor de Carnaval: Jeferson Carlos

Intérprete: Ronaldo Yllê

Mestres de Bateria: Léo Capoeira

Rainha de Bateria: Simone Parente

Mestre-Sala: Matheus Olivério

Porta-Bandeira: Mara Rosa

Comissão de Frente:

Desfile de 2018

Posição de desfile: Primeira escola a desfilar no dia 06/02/2018

 



 


União do Parque

Curicica

Samba Enredo: ""

Autores:
Intérprete:

Samba Enredo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Enredo de 2018

""

Introdução

Carnavalesco: Marcus Ferreira

 


 

A História da União do Parque Curicica

A União do Parque Curicica foi fundada no ano de 1993, mas só desfilou como escola de samba em 1998, quando se apresentou para a avaliação da AESCRJ.
Em 2003, a escola chegou à Marquês de Sapucaí e fez uma boa estreia com o enredo sobre os 90 anos do Mercadão de Madureira, obtendo a 5º colocação. entretanto, no ano seguinte, a escola apresentou um enredo confuso sobre um ser interplanetário que pousa sua nave espacial em terras brasileiras, e se encanta com a fauna e a flora, mas se decepciona como homem que é alimentado por um bicho de sete cabeças, representado pela ganãmcia, poder, ira, miséria, ódio, guerra e desunião. Sob chuva incessante, a União do Parque Curicica foi a 10º colocada e foi rebaixada de grupo.
Sob as mãos do carnavalesco Jorge Caribé, a escola deu a volta por cima em 2005, sagrando-se campeã do Grupo C com o enredo "Bahia de São Salvador, o Porto Seguro do Brasil". De volta a Sapucaí, o mesmo carnavaleco levou a escola ao 4º lugar em 2006, com o irreverente enredo que levantou a bandeira GLS.
Em 2007, a escola exaltou o Brasil, apresentando os encantos que o país oferece do Oiapoque ao Chuí, obtendo a 8º colocação.
Em 2008, a escola abordou a água como o elemento gerador da vida e os riscos do desperdício para o homem e para a natureza. O desfile foi prejudicado pela chuva e a escola ficou em 11º lugar. no ano de 2009, a escola trouxe o intérprete Ronaldo Yllê (que já foi daImperatriz) e os carnavalescos Amauri Santos e Paulinho de Ouro, que desenvolveram um enredo sobre a malandragem carioca, apresentando um desfile considerado pela crítica como bom, e terminando na terceira colocação, com 239,6 pontos. A mesma colocação obteve em 2010, com o enredo sobre sobre lendas, mistérios e magias terminou na mesma colocação do carnaval anterior.
No ano de 2011, com um enredo sobre o samba, a Curicica terminou como vice-campeã no Grupo de acesso B . Como o regulamento dizia que só a campeã subiria para o Grupo A, a escola permaneceu no mesmo grupo. Logo depois do Carnaval, sua então presidente, Marilza Silva, esposa do presidente da AESCRJ Zezinho Orelha, faleceu. Em seu lugar, assumiu Edson Procópio, e como vice ficou Eduardo José, que indicaram Roberta Rosa para a direção de Carnaval.
Para 2012, após a saída de Amauri Santos que quis ser carnavalesco da Caprichosos, a direção da escola optou por uma comissão de carnaval, formada por Felipe Herzog, Diogo Villa Maior, Leonardo Pimenta e Raquel Winter, que desenvolveram um enredo sobre as cartas, enredo este que rendeu a sexta colocação.
No decorrer de 2012, uma série de mudanças ocorreu no Carnaval. Com a criação da Série A, as escolas do então Grupo B, que desfilavam na Sapucaí, inclusive a Curicica, foram promovidas à segunda divisão automaticamente. Por outro lado, seu ex-presidente Zezinho Orelha, foi destituído do comando da AESCRJ, entidade que organizava o Carnaval da Intendente Magalhães (quarto ao sexto grupo até 2012, terceiro ao quinto a partir de 2013). Naquele ano, foi proposto na Curicica um enredo sobre a construção civil. No entanto, naquele ano, a escola passou por diversos problemas internos e chegou-se a cogitar que enrolaria a bandeira.
A ex-porta-bandeira Kátia Paz assumiu o comando da escola emergencialmente, fez algumas mudanças no quadro da agremiação, uma delas foi a surpreendente dispensa do mestre de bateria Celsinho do Repique. Para ocupar o cargo foi contratado Mestre Lolo. Sem tempo de promover uma eliminatória de samba-enredo, optou por reeditar o enredo de 1994 da Portela: Quando o Samba era Samba...  , fazendo uma homenagem à escola de Madureira. O desfile foi bastante elogiado pela mídia, bem como a capacidade administrativa da nova presidente de promover um carnaval em tempo recorde.
Em 2014 a União Parque de Curicica foi a terceira a desfilar no sábado de carnaval, num desfile até surpreendente sobre a história da cachaça, o que fez com que terminasse na 7ª colocação. Logo depois Kátia Paz, que deu à luz na semana do Carnaval , comunicou que não concorreria à reeleição em abril do mesmo ano.
No ano de 2015, sob o comando do presidente Fábio Brasil, a União Parque de Curicica foi a quinta escola a desfilar na sexta de carnaval, superando as dificuldades a escola realizou seu desfile em homenagem a 3 grandes baluartes do samba ( Arlindo Cruz, Martinho da Vila e Monarco ), a escola terminou na 12ª colocação, permanecendo na Série A para o carnaval 2018.

 

Os Títulos da Escola

ANO COLOCAÇÃO
1999 Vice-Campeã
2000 Campeã
2001 6° lugar
2002 Vice-Campeã
2003 5° lugar
2004 10° lugar
2005 Campeã
2006 4° lugar
2007 8° lugar
2008 11° lugar
2009 Vice-Campeã
2010 3° lugar
2011 Vice-Campeã
2012 6° lugar
2013 12° lugar
2014 7° lugar
2015 12° lugar
2018